← voltar à página anterior

Deus veio até mim por meio da dor .

Fui criada participando da igreja católica, mais nunca sentia Deus de verdade lá, as vezes me emocionava… Chorava…. Mais raramente isso acontecia, era só quando eu estava triste mesmo! Lembro-me bem quando eu era criança mais ou menos uns 7 anos quando entrei pela primeira vez em uma igreja Evangélica, foi quando minha mãe teve que sair e me deixou na casa da vizinha que é evangélica, no fim do culto o pastor me perguntou se eu a aceitava Jesus? Eu disse que sim! Então quando fomos para casa a vizinha ficou me zoando dizendo que a partir daquele momento eu iria ser ‘’CRENTE’’ e não tinha como voltar a trás, me lembro que eu chorei muito porque dizia que eu ia apanhar da minha mãe, porquê se eu deixasse de ser católica minha mãe ia me bater (rsrsrs)…. Cresci com isso na minha cabeça, para mim a religião certa era a católica, eu não me via crente de jeito nenhum, eu ia raramente pra missa aos domingos , e na maioria das vezes ia obrigada, eu não sentia esse fogo, esse louvor, esse fervor do espirito Santo de Deus!

Com 16 anos(2009) tive minha primeira grande decepção amorosa, ai eu precisava de Deus eu busquei, eu procurei a igreja católica, eu participei dos grupos de oração, de formão pra músicos… Mais mesmo assim ainda me sentia vazia e mal acolhida, arrumei outro namorado, católico também, foi quando entrei em uma escola ‘’nova’’ ai conheci novas pessoas, fiz amizades que me levaram a um caminho de bebidas, festas, ‘’curtição’’, terminei o namoro e me entreguei quase que por completo para o mundo, me lembro que a primeira vez que eu bebi quase fique de coma alcoólico, mais eu não parava mesmo sabendo que eu não sabia beber, que eu pagava maior mico, eu saia da escola direto pras ‘’bagaceiras’’ porque se eu fosse em casa minha mãe não deixava eu sair, putz esse tempo eu dei muita preocupação pra minha mãe, ela passou noites e noites sem dormir, ela já não me aguentava mais, preocupação por cima de preocupação… Ai ela me levou pra morar na casa de uma tia no Maranhão, (isso já em 2010) os primeiros 6 meses eu nem saia de casa, vim de férias pra minha cidade, aaaaaaaiiii no dia que eu cheguei eu nem tirei as coisas de dentro da mala, só me arrumei e cai na farra, passei o mês inteiro pirando todo dia… (kkkkk) .

Voltei pro MA das férias, conheci uma amiga que virou parceira de festa, eu dizia pra minha tia que ia pra casa dela nos fins de semana dormir lá, e a gente ia pra festa, eu só queria saber do mundão… Então no dia 13 de dezembro de 2010 após uma briga com minha prima que morava comigo também, minha tia resolveu me levar pra um batizado em uma cidade pequena próximo de onde nós morávamos , após o batizado teve um churrasco na casa de um jogado de futebol que é amigo da família a anos, ai lá conheci um outro jogador, a gente paquerou, mais eu voltei pra casa no mesmo dia, ( quando voltei tive a noticia eu uma amiga tinha falecido, ela se suicidou, essa data marcou muito, conheci um grade amor e perdi alguém especial) voltei para casa da minha mãe dias depois(Parauapebas- PA), e eu o jogador começamos a namorar , (por telefone) eu me apaixonei , ele era atencioso, me ligava todos os dias, a gente passava horas no telefone, (mais eu não deixava de sair, beber e ficar com outras pessoas)

Assim 2011 passou e eu e ele voltamos a nos ver somente em dezembro novamente , eu fui para o Maranhão me encontrei com ele lá, eu e ele reativamos o ‘’amor’’ porque já estava desgastado por causa de tanto tempo longe… ele me pediu em casamento eu aceitei (claro!) eu e ele estávamos muito apaixonados, o que eu sentia por ele era sobrenatural, então em janeiro (2012 com 18anos) fui pra cidade que ele mora(São Luiz do Maranhão) fazer prova de vestibular, passei um mês com ele, voltei pra minha cidade só pra buscar minha documentação ,( ele parecia ser muito apaixonado por mim, já chegou até a chorar algumas vezes por medo de me perder) eu fiz uma festinha de despedida de solteiro e tudo mais… eu sozinha peguei o trem e fui ao com todas as minha malas pra lá, (eu tinha passado em fisioterapia e fonoaudiologia) escolhi físio, pra cuidar dele, eu estava amando muito ele, mais acreditem quem quiser , eu chegei lá no apartamento dele em um domingo e a gente terminou no domingo seguinte, ele me desprezou muito, do nada ele deixou de gostar de mim, só Deus sabe o vale que eu passei, eu vi meus sonhos todos destruídos e sem nenhuma explicação, porque depois que ele me pediu em casamento eu estava quieta, eu não saia pra festas mais, eu queria honrrar aquele tal relacionamento.

Ele deu um ponto final e eu tive que ir embora do ap dele, fui dividir aluguel com uma amiga da minha cidade que morava lá, passei por um perrengue muito grande, desisti da faculdade, eu me encontrava em uma cidade que eu quase não conhecia ninguém, minha amiga que morava comigo quase não parava em casa por causa da faculdade dela, eu estava sem minha família, sozinha e passando por um sofrimento tão grande que doía até meus ossos, Só Deus sabe… só Deus sabe… Nos meus momentos de desespero eu ia correndo pra igreja católica, pois era onde eu estava acostumada a ir, onde fui ensinada a buscar Deus, mais ao chegar lá chorando desesperada, com vontade de me suicidar, de matar ele também, completamente desesperada, arrasada… Pedi oração para uma intercessora que estava no momento, era manhã, ela simplesmente olhou pra mim e me disse pra eu ir lá pele tarde por que naquele momento ela estava com muita pressa, eu sai dali mais revoltada do que eu já estava, mais graças a Deus no caminho para casa tinha uma igreja aberta, era a Universal, eu entrei e quebrei todas as regras da família, eu nem me lembrei de nada, eu só queria buscar a paz de Deus, fui acolhida, recebi oração, conselhos, e sai de da igreja mais leve! A noite foi pra igreja Assemblei De Deus, onde tive muita paz, fiquei por mais 5 meses naquela cidade, meses de muito sofrimento , ele estralava os dedos e eu ia correndo satisfazer os desejos da carne, durante esse tempo eu também busca muito Deus porque minha alma não tinha paz, eu estava a todo tempo em desespero.

Em agosto decidi voltar pra minha casa pra minha família, e estou aqui, com mais ainda estou praticamente sozinha, minha mãe foi para o Maranhão com meus irmãos, porque ela e meu padrasto terminaram também e ela está sofrendo muito quis dar um tempo por lá, eu estou morando com minha avó, ela é do tipo de católica que tem altar cheio de imagens e tudo mais… a minha batalha espiritual é muito grande, além de estar lutando contra meus sentimentos, magoas, paixão, desejos, eu luto porque eu quero continuar firmar na igreja (Assembleia de Deus) mais a minha parentela me zomba muito, eu tenho fé mais sou humana, a momentos de muitas duvidas e medos, mais tenho sede de Deus na minha vida, eu luto contra mim mesma e contra as criticas e ‘’ensinamentos dos católicos da minha família’’ eu creio que todo vale que eu passei e tudo que eu ainda passo, serviu de escada até a porta da igreja! Por que quem era eu? Eu era uma mundana, festeira, e hoje? Quem sou eu? Eu sou a menina dos olhos de Deus, eu sou uma vaso moldado pelas mãos do Senhor, eu sou uma promessa de vitória da vida da minha família, eu sou uma eterna adoradora aos pés de Deus! eu creio nas promessas de Deus pra minha vida, eu espero por meu varão forte, pois grandes são as promessas de Deus e eu estou aqui , firme esperando a hora certa! Eu estou sozinha mesmo no meio de tantas pessoas, minha única companhia é o Espirito Santo de Deus!!! Mais eu louvo e agradeço a Deus por minha vida, pelas promessas, na palavra diz; que o choro pode durar uma noite mais a alegria vem de manhã. Por isso Irmã (o) você que esta lendo meu testemunho, que muitas vezes pensa que você está sozinho? Saiba que o Espirito santo de Deus está contigo, você que pensa que os seus sonhos estão destruídos, que sua vida não tem mais jeito, saiba que Deus tem bençoes PRA VOCÊ ! Homem e Mulher de Deus, saiba que nosso Deus é um Deus do impossível, não importa o vale que você está passando, seja físico ou espiritual, louve a Deus pois no louvor Deus abita, saiba que Deus tem promessas na sua vida e que você é um escolhidas o do Senhor, erga a cabeça, enxugue as lagrimas e abra seus braços pois nosso Pai tem bençoes pra derramar sobre você. Não se deixe enganar por tudo que parece belo, fácil e aparentemente bom, esperem no Senhor, pois a vitória virá!

Espero que através do meu testemunho não é tão importante assim, eu tenha evangelizado.
A paz do Senhor irmãos e irmãs em cristo!

Licia Sabino, Parauapebas Pará. 

Fonte:http://www.gospeljovens.com.br/