← voltar à página anterior

Testemunho de Vida

Eu sempre fui para a congregação, mas eu era totalmente dividida, minha mãe me levava de vez em quando pra igreja… Certa vez, tive que passar um tempo morando na casa de minha avó, que era católica. Todo domingo, minha avó me levava pra missa, ou seja, cresci adorando imagens. Depois desse tempo, voltei a morar com minha mãe e mudamos de cidade (eu e minha família).

Eu fui crescendo… Daí, chegou aquela fase que é a fase de mais adrenalina e pertubação de todas: adolescência… Fiquei um tempo afastada de Deus e da Congregação, então o mundo rapidamente começou a me iludir. Me iludiu através de pessoas, músicas, estilos…

E então, fui começando a me entregar a essa ilusões: comecei a falar palavrão, xingava os outros, e comecei a ficar muito rebelde e arrogante. Fiquei tão iludida que achei que aquele era o certo, a minha mente só era: imoralidade, zuação, impureza…

O mundo iludi tão rápido e fácil… Eu achava bom aquilo, mas é claro, não é! Pecado é muito bom de fazer… Você não acha que o Inimigo vai fazer o pecado ruim! O pecado é muito bom, mas o ruim é as consequências que ele trás de brinde! Tá, até aí beleza, mas do nada, comecei a gostar do mundo das trevas, de sangue, de preto… Resultado: virei gótica! Aí
pronto! No começo, eu tava de boa… mas isso começou a me prejudicar e prejudicou muito as pessoas que estavam a minha volta. Satanás me dominou! Meu coração se esfriou, e então eu não sentia e nem sabia mais o que era alegria, nem o que era amor…

Minhas notas caíram, eu só vivia triste e aprisionada, dominada pelo Inimigo… Brigava por qualquer coisa, eu idolatrava minhas coisas, e cheguei ao ponto de me cortar… Certo dia, peguei uma faca e fiz uma cruz no meu tornozelo… Pra mim dor era boa… E foi quando comecei a me envolver com espíritos… Sonhava com eles e via vultos o dia todo e todos os dias… Daí, foi quando minha mãe me levou na igreja e eu falei pro pastor, ele fez uma oração comigo. Sei que havia pessoas orando e lutando pra Jesus me curar e salvar minha alma, pois dia após dia meu coração se amolecia…

Certo dia, fui para a congregação que tinha perto de casa com minha mçae… No primeiro dia foi normal, oramos cantamos os hinos e ouvimos a palavra, mas meu coração ainda estava frio… Quando foi na segunda vez, FOI TREMENDO!!!! Deus tocou no meu coração e então comecei a chorar e falei em línguas, foi muito bom… No último dia, foi mais tremendo ainda, o Espírito Santo de Deus veio e me dominou! Já não era mais Satanás que me dominava, e sim o Espírito de Deus! Aleluia!

Naquele momento em que eu estava face a face com o Senhor, veio uma visão em minha mente: eu me via mergulhando, cada vez mais fundo e fundo, e Deus perguntava: “Quer mais?”, e eu falava: “Sim! Eu quero muito mais!”, e então eu mergulhava mais fundo ainda! Só que a sensação não era de estar mergulhando e sim voando! Ou seja, eu estava livre do mundo! Quando digitei este texto veio uma imagem em minha mente: era eu e Deus. Deus me chamava e eu ia, daí eu via Deus desmanchando (não tava nem tirando, era desmanchando mesmo!) uma venda dos meus olhos… Bem, Deus simplesmente exterminou a venda que o mundo colocou em mim! Agora eu vejo a verdade! Só vou tomar cuidado pois Deus me disse: “Filha, tomes cuidado! Pois o mundo sempre tem vendas disponíveis, e depois que se acaba com uma, a próxima é sete vezes pior! Vigiai!”. Mas, em nome do Senhor Jesus, não haverá próxima venda! Hoje sou feliz, meiga, emotiva e sentimental, e estou firme na presença de Deus!

FONTE: www.cristanobrasil.com