17 de abril de 2023

A repreensão

“Todo o que ama a disciplina ama o conhecimento, mas aquele que odeia a repreensão é tolo.” Provérbios 12:1

Como servos de Deus, submissos a sua palavra e vontade, haverá momentos de sermos corrigidos em alguma coisa. Pela nossa própria condição humana, limitada e falha; certamente será necessário chamar nossa atenção para algum comportamento inadequado ou errado que esteja sendo praticado. Como lideres e obreiros nesta seara não temos uma situação de infalibilidade, portanto devemos ter o coração aberto para, quando for preciso, sermos repreendidos. A palavra nos diz: “Pois o Senhor disciplina a quem ama, e castiga todo aquele a quem aceita como filho”. Hebreus 12:6

Deus nos repreende porque nos ama. Seu interesse está em nos ajudar a andar de forma equilibrada, madura e que acima de tudo o caráter de Cristo seja desenvolvido em nós. Devido nossa natureza pecaminosa, existe um conflito latente entre nossos desejos e a vontade de Deus, entre os princípios de sua palavra e nossos impulsos carnais, ou seja, não será incomum ter em que sermos corrigidos.

Como Deus repreende? As metodologias são múltiplas. A palavra de Deus, as escrituras, é a ferramenta principal da instrução de Deus para nos mostrar o caminho em que devemos andar. Nela temos a revelação do Senhor e exposição de suas verdades que são “lâmpadas para nossos pés e luz para nosso caminho” (Salmo 119:105). Se você ler, estudar e meditar na palavra, será em muitas oportunidades reprendido pelo Senhor, pois sua palavra nos limpa (Joao 15). As circunstâncias podem ser usadas como meio de chamar a nossa atenção para uma atitude equivocada de nossa parte; outra forma é uma palavra diretiva, seja por revelação ou profecia (I Co 14). O aconselhamento pode servir também como uma oportunidade para ajustar o necessário.

O líder deve manter seu coração aberto para correção; isto o salvara das armadilhas da caminhada.

O que pode impedir você de aceitar a repreensão? um limitador muito forte chama-se orgulho. Ele atrapalha tua percepção. Então você se justifica, nega, argumenta, se impõe, relativiza e tantas outras atitudes geradas por causa do orgulho, que é primo do egoísmo e tio da soberba. Pronto, o cerco está fechado em sua mente e coração. No lugar de ter humildade, analisar se o que esta sendo dito procede ou não; refletir sobre como teus atos estão comunicando aos outros, que mensagem e testemunho transmitem ; pedir ao Senhor “me sonda”… o que o orgulhoso faz ? rejeita a repreensão então , conforme diz a bíblia, além de orgulhoso, se torna “tolo”. Esse duelo interno entre aceitar ou não a repreensão é o que igualmente nos torna sábios, ou não.

Todo líder paga um preço alto se não aceita a repressão. Se já, como discípulos de Cristo nos é requerido obediência ao Senhor e sua palavra; como lideres o dever de sermos “exemplos dos fieis” o exige muito mais de nós uma conduta equilibrada (mesmo que não sejamos isentos de falhas), e para tanto devemos aceitar a correção.

Todo líder paga um preço alto quando não corrige os que estão debaixo de sua liderança. Essa é uma responsabilidade do líder. A “vista grossa”, a indiferença e ausência de postura do líder no que o rebanho precisa ser tratado, traz prejuízos para todos os lados. Sabemos que não é fácil, por isto devemos encarar como um sacerdócio. Como lideres estamos sujeitos muitas faz vezes receber de volta de um liderado que não teve humildade em ser corrigido; a ingratidão, indiferença e em alguns casos ate agressão. Por isto a base e motivador da correção é o amor. Corrigimos porque amamos.

Repreensão não se trata de acusação, mas de chamar a atenção, fazer um ato de correção. Ser amado não é ser apoiado incondicionalmente, mas ser repreendido nos momentos necessários. Compreender a correção é amadurecer. Exortando uns aos outros em amor, cabe a nós zelarmos pela a edificação da fé de cada um. Ser repreendido não é o “fim do mundo”, mas uma oportunidade para se realinhar à vontade de Deus!

Lidere onde estiver, com coração humilde e quebrantado.

 

Autor: Pr. Wendell Miranda – Diretor da Rádio Libertadora

Rádio Libertadora no ar

Leia também


18 de agosto de 2022

9 Anos da Rádio Libertadora

9 Anos da Rádio Libertadora, nove anos de gratidão, de louvor , palavra e evangelização. A festa contou com.

25 de julho de 2023

10 Anos da Rádio Libertadora

10  Anos da Rádio Libertadora, dez anos de gratidão e louvor, levando a palavra de Deus através das ondas.

18 de agosto de 2022

TROFÉU LIBERTAR 2022

Confira todos os ganhadores do TROFÉU LIBERTAR 2022. Gratidão pelo engajamento na votação e empenho das equipes na organização.